Acerca de mim

Grupo 40 - Palmela . Escoteiros de Portugal

17.11.07

Magusto pela serra fora




Segundo informações cedidas aqui à redacção do QuarentOnFire, o 40 aproveitou o S.Martinho como motivo para 'laurear a pevide' fora da sede.
Começando pela Alcateia, sabemos que a lobitagem fez um jogo de pistas à séria! Para além do percurso ser deveras arrojado (confesso que, depois de 16 anos de escotismo, aquele percurso ainda me dá uma certa luta!), os bandos foram sozinhos e safaram-se na perfeição. Calma, pais, calma... sozinhos, que é como quem diz, com o Balú na frente a deixar as pistas, a Baguera pelo meio a controlar todos os seus passos à distância e a Aquelá no final, tipo carro vassoura, não fosse alguém ficar para trás.




Os dois grandes temas deste jogo foram a reciclagem e o pioneirismo.
E parece que os lobitos até estão bastante despertos para esses problemas ambientais. Muito do que se pensava ser para eles uma novidade, já é história para 'meninos'... Assim é que é, amiguitos. Vocês também fazem um mundo melhor!





Quanto às 'nosadas', a pouco e pouco a coisa vai. E é bom começar a ensinar pioneirismo à malta ainda nesta idade para que, quando chegarem à Tribo de Escoteiros, estejam prontos a encarar os desafios que englobam essa modalidade!





Por falar em Tribo de Escoteiros, cá estão eles! E com um reforço de 4 novos elementos acabados de chegar: o Pedro, o Bruno, o Ricardo e a Ana Rita. Para eles, este jogo de pistas (diferente do da Alcateia, claro!) foi a estreia.



A Serra do Louro foi o 'palco' escolhido para este dia, incluindo uma perseguição aos dirigentes Daniel e Madaleno. E não é que a malta se perdeu mesmo quase no final??? Bem, mas apesar disso, tudo correu bem e o final compensou o esforço físico do dia.




Na Mesa da Quinta do Anjo houve o tradicional pitéu de S.Martinho, com direito a chouriço assado, batata doce e castanhas. E, para terminar em grande e rebentar com o resto, lá veio o 'bulldog'... esse belo jogo/animação tão apreciado pelo 40!;) Como o sol já lá ia avançado, o regresso foi auxiliado pela nossa 'VanetteMaisQueTudo'.

Aqui seguem as palavras do grande chefe Dani... eu, se fosse a vocês, tomava atenção a isto:

'Uma palavra de aviso à Tribo Exploradora- estes "meninos" estão com andamento! Não se ponham a pau que ainda são papados numa qualquer caminhada!', by Dani Rodrigues.


21.10.07

NaturAventura!



Saídos de Palmela a caminho de um local que ainda poucos conheciam. O objectivo era ficar bem mais próximo da Natureza e assim começar da melhor forma este ano escotista. NaturAventura, como já é do conhecimento de todos, é a temática do 40 para este ano!

E a palavra nova até caiu no goto da malta, é certo... mas, verdade seja dita, há ainda muuuito, mas mesmo muuuuuuuuuuuito a fazer!

É que a ideia é completamente aliciante: largar as modernices de vez em quando, abdicar das tecnologias e dos meios que nos tornam a vida facilitada para nos virarmos para uma vertente mais natural, procurando por uns dias viver em perfeita harmonia com a natureza, recorrendo apenas aos recursos que esta nos proporciona. Só que passar à prática não é tão simples como parece...

O Forte da Raposa foi o local escolhido para iniciar este 'novo estilo de vida'. Ali perto da Fonte da Telha, um refúgio bem escondido com alguns vestígios militares. Tudo desactivado, claro!




Cumprir horários foi um desatino nesta actividade! Ou o pessoal já estava desabituado ...ou o pessoal já estava desabituado! Malta, então? É que tudo isto fez com que tivesse de haver algumas alterações no programa e não se aproveitou tanto quanto se podia.




Enfim, ainda assim foi feito o possível por cumprir os objectivos propostos em cada divisão. A Alcateia esteve bem, claro, e a nova chefia tomou as rédeas da divisão na perfeição.





A Tribo de Escoteiros, quase toda constituída por malta novinha, andou em esforços redobrados para formar e preparar o pessoal, de modo a que a vida em campo não seja um 'bicho de sete cabeças'! E correu tudo bem, sem desastres nem vítimas :)



Quanto à Tribo de Exploradores... bem, há por ali muito trabalho a fazer! Amigos, isto podia ter corrido melhor, não podia? Ou então guardaram todo o seu empenho para o Fogo de Conselho, talvez tenha sido isso. É que essa parte, segundo consta, até lhes correu bem.




Mas não basta só isso, rapaziada, o grupo espera mais de vocês. Não queremos, de todo, enxovalhá-los aqui no nosso blog, mas queremos que abram a pestana, pode ser?





Aqui temos a nova Aquelá a amparar o pitéu da Alcateia, umas imitações de douradinhos mas estes completamente produzidos in loco! Peixe pescado pelo Balú, arranjado e moldado em paralelipípedos super saudáveis!!:)


E a lobitagem também quis entrar em contacto total com a fauna local!


Bem, é pena não haver muitas fotos desta actividades mas tentaremos melhorar esta falha técnica em breve! Até lá, deixem-se mergulhar pela NaturAventura!


7.10.07

Às portas do novo ano escotista!




Foi um longo fim-de-semana! Concentrar todo aquele trabalho em dois dias apenas não foi pêra doce mas, felizmente, tudo foi feito nos conformes e o ano está pronto a começar! Aliás, a chuva a potes até ajudou a manter os chefitos concentrados dentro de casa... até uma certa hora em que tudo se começou a desmoronar... mas já lá vamos.

Bem, malta, ainda vão ter de esperar para saber alguns pormenores tais como actividades, equipas de chefia, novidades e afins... mas posso já avançar com uma palavra nova no dicionário do 40:
NaturAventura

Esta vai-nos acompanhar durante todo este ano. Uma vez que toda a 'artificialidade' do mundo tenta dominar o nosso dia-a-dia, queremos fortalecer o nosso refúgio escotista e ficar mais perto no mundo natural. Há coisas que valem mesmo a pena... e esta é uma delas. Alinham?

No próximo fim-de-semana, 13 e 14 de Outubro, começamos a bombar neste novo tema. A concentração para a actividade será às 7 da matina (para quem já saiu às 4.30 da manhã, isto é coisa p'ra meninos...) junto à igreja de S.Pedro. Para quem não sabe qual é a igreja de S.Pedro, é a que serviu de 1ª sede ao 40, a tal que tinha umas palmeiras kamikaze (mas esse assunto já está resolvido), junto à Câmara Municipal.
Para mais informações, consultem os vossos guias. Guias, para mais infomações, consultem os vossos chefes de divisão. Certo?


Agora, voltando a essa tal reunião à qual chamamos de ABIVAS, aqui fica um registo que mostra a razão pela qual não se deve trabalhar até depois das 24.00. É que algo começa a fazer tilt dentro de alguns dirigentes e torna-se mesmo impossível dar continuidade a assuntos sérios!:P

video


27.9.07

"Não há nada de novo por aqui?"


E perante esta bela frase deixada nos comentários do último post, alguma coisa tinha de ser feita. Cá estamos de volta.

Isto, realmente, tem andado meio apagado por estas bandas, mas há variadíssimas razões para tal!

Ora, porque todos temos (ou queremos ter!) direito a férias, porque a 'blogueira' ainda acredita que algum dia lhe vão passar fotografias das actividades que as divisões tiveram desde o último post, porque a net falha,... enfim, como podem constatar, o que não faltam são boas razões para que o QuarentOnFire tenha andado adormecido. Mas isto foi só na net... Até porque, apesar do ano ainda não ter começado oficialmente, a malta já andou em peso na Festa das Vindimas e no Regional, certo?


Bem, mas o novo ano escotista está à porta!


Ainda não podemos dar grandes avanços mas fiquem a saber que este fim-de-semana toda a chefia vai estar reunida para dar conta do PAG (Plano Anual de Grupo), numa jornada intensiva de dedicação ao 40!


Agora, não há post sem foto! E como também não há novidades fotográficas por aqui, o QuarentOnFire tratou de seleccionar uma bela foto de cada dirigente para incentivar os trabalhos que por aí vêm nestes dois dias duros!








































Vá, admitam que a chefia até é bem dispostinha, 'apalhaçada' q.b. ...e com um belo sentido de humor!:)


4.8.07

...e amanheceu.




Amanhecer no Castelo de Palmela foi, sem dúvida, uma grande experiência. Mas amanhecer mesmo! Acordar com o sol a raiar e poder olhar lá do alto a vila, as serras, as cidades, Lisboa, ainda meio adormecidas. Sermos dos primeiros a despertar para o dia que marcou o Centenário do Escotismo.






A noite tinha sido longa para a chefia mas a Tribo Júnior tinha estado por perto, para dar o seu apoio moral, em sonhos. Aqui estão eles a espreitar o novo dia pela 'janela do seu quarto'.










Houve quem quase não conseguisse dormir... não sei se pela falta de tempo, pelo entusiasmo do dia seguinte, ou pelo corno simbólico! A hora tinha chegado.





Começaram a aparecer os primeiros amigos, os primeiros familiares, os primeiros escoteiros e antigos escoteiros. Felizmente, a hora não amedrontou tanta gente como temíamos. Tudo se compôs e a cerimónia decorreu na maior tranquilidade, como era devido.






Como não poderia deixar de ser, lá estava presente a chama do centenário. Foi acesa no Quénia, junto à campa de B.P., e tem viajado por esse mundo fora. Também quisémos partilhar da mesma e fomos buscá-la a Lisboa no dia em que lá chegou, para que pudéssemos ter este 'calor' junto de nós, junto do 40 e de todos os que estiveram connosco.





Antes das 8.00, lembrámos um discurso de Baden-Powell com uma gravação antiga. Até tínhamos preparado um pequeno filme mas a luz era mais forte do que tínhamos previsto... enfim, ficou para depois, numa versão indoor.



8 da manhã. Soou o sinal e o compromisso de cada escoteiro foi renovado.




Após um breve texto da Anabela (bonito, amiga), havia ainda mais uma surpresa para encerrar a cerimónia.




Por mais um Centenário, pela Paz, por um Mundo Melhor... que pode ser feito por nós.
A Carina e a Rebeca soltaram dois pombos (não se vêm, mas eles estavam lá!) que voaram ligeiros!... tão ligeiros que a nossa fotógrafa (obrigada, Sandra!) não teve tempo de os captar!:)





Seguiu-se um breve momento de convívio e o pequeno almoço para quem ainda pode ficar mais um tempinho connosco. Obrigada aos presentes. E que este amanhecer tenha feito raiar um novo sol dentro de cada um de nós!



E todos puderam levar consigo a última mensagem do fundador. É bom ver que nem só os mais crescidos são sensíveis a essas palavras!


26.7.07

Amanhecer do Escotismo


A todos os que, de alguma forma, têm uma ligação com o escotismo, convidamos a estarem connosco e com todos os escoteiros do mundo no dia 1 de Agosto. Estamos a passar a seguinte mensagem pelos interessados, mas aqui fica também, para aqueles a quem ainda não conseguimos chegar.


Divulguem!







'Acreditamos que ninguém passou pelo escotismo sem que isso lhe tenha tocado de alguma forma, sem que lhe tenha deixado as melhores recordações, sem que o tenha transformado numa pessoa melhor.

Acreditamos que esta é a melhor escola e que, apesar de ser praticada em países tão diferentes, por comunidades tão diferentes, apesar de ser condicionada por múltiplas realidades, continua a ser unificada pelo ideal que um homem sonhou… e acreditou: deixar o mundo um pouco melhor do que o encontrámos.

Acreditamos que, dentro da comunidade escotista mundial, dentro dos milhões de jovens que vivem este ideal, o grupo 40 tem o seu pontinho no mundo, em Palmela, onde escolheu nascer e alargar as suas raízes.

No ano em que se comemora o centenário do escotismo, o dia 1 de Agosto será o momento alto em que, simultaneamente, todos aqueles que acreditam nesta escola irão partilhar e renovar o seu Compromisso de Honra, um pouco por todo o mundo, “amanhecendo o escotismo” para mais um século de vida.

Nós estaremos no nosso pontinho, bem no alto, para que o nascer deste novo dia também seja diferente em Palmela.

Se tens lenço, traz. Se não tens, vem.

Convidamos-te assim a partilhares este momento connosco.

Dia 1 de Agosto, pelas 7.30 da manhã, no Castelo.

Até lá, uma forte canhota!'


25.7.07

World Scout Jamboree 2007


Porque, no fundo, todas as nossas diferenças se dissolvem num único ideal... criar um Mundo Melhor!


21º Jamboree Mundial

27 de Julho a 8 de Agosto - Hylands Park,Chelmsford, Reino Unido


13.7.07

Festa de S.Pedro 07


"Um, dois - SOM!" Secas, é assim que se costuma fazer um check sound... não percebo porque é que insistes em cantar hits do Festival da Canção, do princípio ao fim, tipo "Chamar a Música" ou qualquer coisa parecida, quando só queríamos saber se o micro funcionava! E ainda por cima tens o dom de conseguir arrastar o Dani contigo...




Bem, começando: foi do conhecimento de todos que a Festa de S. Pedro teve de ser adiada (só por um dia!), uma vez que os nossos vizinhos Ausentes do Alentejo programaram para o mesmo dia um encontro de coros, com duzentas pessoas e com direito a um mega porco que foi assado, como previsto, à nossa porta. Uma vez que moramos todos na Travessa das Oliveiras e não na Avenida das Oliveiras, lá entrámos em acordo com a vizinhança. Até se ouviu alguém das redondezas dizer "Ora ainda bem! Assim temos festa o fim-de-semana inteiro!"





E assim foi.
E talvez o resultado até tenha sido melhor! Domingo, final de tarde, petiscada... a julgar pela freguesia, a alteração foi bem aceite. Pode ser que para o ano se repita a estratégia!






Do menu constavam caracóis, moelas, febras, chouriço, caldo verde, etc e tal. Os nossos agradecimentos a todos os que patrocinaram a festa, não só pelas dádivas mas também pelas confecções! Ah, que grandes cozinheiros acompanham o 40!




Quando a comida começou a acabar, o truque foi começar com as peças que o pessoal tinha preparado para abrilhantar a noite.





Depois disso, houve tempo para a apresentação do CD com as fotos do ano escotista 06/07. Para os que não tiveram oportunidade, informamos que o mesmo continua à venda!! É só dirigirem-se à chefia de grupo ou falarem com qualquer dirigente que tratará do assunto.







E para os resistentes (seria bom que começassem a haver mais!), a tarefa dura de arrumar tudo... e de limpar os vestígios da farra que 'acidentalmente' fugiram pelas escadas! Há quem tenha ideias brilhantes para poder ficar mais uns tempos na sede a rir à toa!;)