Acerca de mim

Grupo 40 - Palmela . Escoteiros de Portugal

4.8.07

...e amanheceu.




Amanhecer no Castelo de Palmela foi, sem dúvida, uma grande experiência. Mas amanhecer mesmo! Acordar com o sol a raiar e poder olhar lá do alto a vila, as serras, as cidades, Lisboa, ainda meio adormecidas. Sermos dos primeiros a despertar para o dia que marcou o Centenário do Escotismo.






A noite tinha sido longa para a chefia mas a Tribo Júnior tinha estado por perto, para dar o seu apoio moral, em sonhos. Aqui estão eles a espreitar o novo dia pela 'janela do seu quarto'.










Houve quem quase não conseguisse dormir... não sei se pela falta de tempo, pelo entusiasmo do dia seguinte, ou pelo corno simbólico! A hora tinha chegado.





Começaram a aparecer os primeiros amigos, os primeiros familiares, os primeiros escoteiros e antigos escoteiros. Felizmente, a hora não amedrontou tanta gente como temíamos. Tudo se compôs e a cerimónia decorreu na maior tranquilidade, como era devido.






Como não poderia deixar de ser, lá estava presente a chama do centenário. Foi acesa no Quénia, junto à campa de B.P., e tem viajado por esse mundo fora. Também quisémos partilhar da mesma e fomos buscá-la a Lisboa no dia em que lá chegou, para que pudéssemos ter este 'calor' junto de nós, junto do 40 e de todos os que estiveram connosco.





Antes das 8.00, lembrámos um discurso de Baden-Powell com uma gravação antiga. Até tínhamos preparado um pequeno filme mas a luz era mais forte do que tínhamos previsto... enfim, ficou para depois, numa versão indoor.



8 da manhã. Soou o sinal e o compromisso de cada escoteiro foi renovado.




Após um breve texto da Anabela (bonito, amiga), havia ainda mais uma surpresa para encerrar a cerimónia.




Por mais um Centenário, pela Paz, por um Mundo Melhor... que pode ser feito por nós.
A Carina e a Rebeca soltaram dois pombos (não se vêm, mas eles estavam lá!) que voaram ligeiros!... tão ligeiros que a nossa fotógrafa (obrigada, Sandra!) não teve tempo de os captar!:)





Seguiu-se um breve momento de convívio e o pequeno almoço para quem ainda pode ficar mais um tempinho connosco. Obrigada aos presentes. E que este amanhecer tenha feito raiar um novo sol dentro de cada um de nós!



E todos puderam levar consigo a última mensagem do fundador. É bom ver que nem só os mais crescidos são sensíveis a essas palavras!


7 comentários:

SALVADOR disse...

Muito sinceramente tenho imensa pena por não ter ido. tirem-me só esta dúvida, está alguém presente da patrulha puma? outro assunto: quando metem no blog os nossos vídeos?? beijos

Filipa disse...

Salvador. Está a ocorrer um pequeno problema com o vosso video, pois está difícil transforma-lo em formato digital. Dentro em breve vai realizar-se um nova tentativa, por meios diferentes. Assim que seja possivel, teras oportunidade de observar a tua brilhante descida à cova dos morcegos.

Quanto ao amanhacer, foi sem dúvida marcante, e espero que marque positivamente o inicio de muitos mais 100 anos.

Anónimo disse...

ja tentaram usar o programa ulead.converte de analogico para digital

Salvatore disse...

desculpas.. nao sabem é o usar o software!

Alberto Martins disse...

www.palmelaalupa.blogspot.com

Alberto Martins disse...

www.palmelaalupa.blogspot.com

Carla (patrulha Lince) disse...

Nao ha nada de novo por aqui?